Casa Pobre
Abel e Caim

A minha casinha pobre é um paraíso perfeito
É onde a felicidade entrou e fez a seu leito
Eu sou feliz na pobreza, ser pobre não é defeito
A minha mulher amada é meu braço direito.

Minha casa não tem forro, nem vidraça na janela
Não preciso de riqueza para ver a vida bela
Minha mulher é bonita, eu sou amado por ela
Ela é dona da beleza e eu sou o dono dela.

Uma casa sem mulher é um jardim que não tem flor
É um trono sem rainha, é um corpo sem calor
Quem se apega no dinheiro sem olhar outro valor
Morre coberto de ouro na miséria do amor.