Dez Anos
Abel e Caim

O meu violão parece que sabe
Que sofro essa dor sem merecer
Não tenho alegria neste minha vida
Pois quem eu amava não posso mais ver.
Jesus Nosso Pai sabendo que faz
Achou que devia tirá-la de mim
Eu me conformo com sorte que tenho
Porém não suporto sofrer tanto assim.

Foram anos de felicidade
Nosso amor, nossa vida era bela
Foram anos que passei cantando
Hoje choro de saudade dela.

Aqui tão distante só resta a saudade
Das horas que tive os carinhos teus
Que doces momentos de felicidade
Dez anos vivemos com a graça de Deus
Senhor dai-me forças para resistir
A imensa lembrança da separação
Sem ela não vivo e nem quero ter
Outra mulher em meu coração.