O Carona
Abel e Caim

Ei, motorista me dê uma carona
Que aqui por esta zona a vida está tão apertada
Desde ontem meu amigo estou aqui na estrada
Esperando uma carona lá pra minha terra amada

Sem um cruzeiro no bolso, bem dizer sem comer nada
Minha mãezinha me espera desde a semana passada
Ei, motorista seja um camarada
Domingo é o aniversário da minha mãe adorada

Ei, motorista me faça este favor
Eu prometo pro senhor não perturbar na viagem
De a pé não posso ir, não posso pagar passagem
Pedir eu tenho vergonha, roubar não tenho coragem

Meu patrão foi à falência me deixou de mãos pra trás
Tentei arranjar emprego, mas tá difícil demais
Ei motorista, veja lá o que você faz
Domingo a minha mãezinha completa um ano a mais