O Amor Não Tem Idade
Amado Batista

Eu queria ter a sua idade
E pelas ruas da cidade
Passear com você

Sem ninguém dizer que sou velho demais
A idade dos seus pais
Não tenho culpa de ter

Se um de nós nascer um pouco antes
Isso não é importante
Pra você e nem pra mim

Mas o povo que criou tanta barreira
Leva tudo em brincadeira
Ao viver pensando assim

(refrão)
Dizem que o amor não tem idade
Mas não é verdade, eu bem sei
Só não tem idade pra quem sente
Mas os outros não entendem
Como é que explicarei

O passado torna impe-cílio
Um casamento errado, e meus filhos
São problemas pra nós dois

Até a família nos magoa
Pensando em outras pessoas
Do que vão dizer depois

Será que os amigos e parentes
Não percebem que a gente
Tem direito a ser feliz

Pois quando amor existe
Ele destrói
Comentários que mais dói
Dessas línguas infelizes