Peão de Obra
Amado Batista

Alô povo do Brasil
Quero falar pra vocês
Sou da construção civil
Faço parte do Brasil
Mas tem gente que não vê

Dou um duro, faço massa
E trabalho pra valer
Mas tenho fé na oração
Que essa vida de peão
Se Deus quiser eu vou crescer

Eu estava la na obra
Uma gata passou
Desfilando de carrão
Joguei beijos pra ela
Mas ela nem me olhou

Se eu fosse um engenheiro
Um granfino com dinheiro
Ela sim ia me ver

Mas sou simples cidadão
Pau mandado do patrão
Que veio do norte pra vencer

Dói dói dói
Dói saber
Se eu fosse um empresário
E andasse de Ferrari
Ela parava pra me ver

Dói dói dói
Dói saber
Mas sou um simples peão
Meu carrinho é de mão
E não sou nada pra você

Dói dói dói
Dói saber
Se eu fosse um empresário
E andasse de Ferrari
Ela parava pra me ver

Dói dói dói
Dói saber
Mas sou um simples peão
Meu carrinho é de mão
Se Deus quiser eu vou crescer