Eu Desatino!
Angela Rô Rô

Você bem sabe o que eu segurei, pepino
Pra te amar o quanto eu te amei
Eu desatino só de lembrar
Que eu dei bobeira e o tempo a passar
Passar vexame como eu passei
Atordoada eu me embriaguei
Agora estou de cara limpa
E sóbria a sua pinta é bem difícil de engolir

Ganhei a prazo o que paguei à vista
Por sem saber que era vigarista
Eu investi nessa paixão insana
Como quem mora em Copacabana
Nem reparei no golpe de artista
Que figurante dá até em diretor
Agora o saldo positivo é você sozinha
E eu aqui com meu amor