Fila De Ex-mulher
Angela Rô Rô

Tem fila de ex-mulé batendo em mim
Batendo em mim, batendo em minha porta
Dizendo que a culpa é minha da sorte ser torta
Agora não importa, Inês já é morta

Tem fila de ex-mulé batendo em mim, ai
Batendo em mim, batendo em minha porta
Pedindo pensão, caiu o padrão da mordomia
agora chia, agora chia

E eu vou me esforçando pra aperfeiçoar
o atendimento domiciliar

Eu digo que amo, que não há engano
que tudo é possível
tudo vai melhorar

Tem fila de ex-mulé batendo em mim, ai
Batendo em mim, batendo em minha porta
Pedindo pensão, caiu o padrão da mordomia
Agora chia, minha tia, agora chia
Tem fila de ex-mulé me apurrinhando
Me assediando e me cobrando
Dizendo que por minha causa a vida é uma luta
Que a vida de puta não é fácil não

E eu me aprimorando na arte de driblar
Tanta mulher junta, querendo se vingar