Librear
Angela Rô Rô

Em todo amor que eu fiz, eu sempre acreditei
Que todo amor pra dar, pra mim nunca guardei
E sempre que eu dei, ai, me machuquei
Mas mesmo machucada, eu dei, eu dei, eu dei

Gosto é mesmo de dar
Na cara da vida
Quanto mais é sofrida
Tá na vida da cara
Quanto mais é bonita e rara
A sua luz...

Declaração de amor à minha vida inteira
É tanto fogo flor, me ardo na fogueira

Quero mesmo é queimar
De vez toda a dor
Quero o céu, meu amor
Vem minha vida me abraça
Sou seu fogo fumaça ar
A balançar, a librear...
A balançar, a librear...