Loucura Maior
Angela Rô Rô

Já usei de tudo, mas não fica mudo
Meu desejo não cessa de apelar
Que os meus sonhos sensoriais
Venham me ver nos carnavais
E que pernoitem comigo noite a fundo

Assim o mundo fica mais humano
Desce o pano da ironia...
E a lua nua vem sem garantia
Saúda meu louco amor

Que tentou vencer meus dragões
O ciúme e tantas emoções...
Que a paixão descomedida
Fere mais frio que mil punhais
E o remorso em vão intimida!

Assim eu sigo sem mais perturbar
Ou duvidar do meu amor...
E a vida crua venha me salvar
Loucura maior de dor!
Loucura maior que amar!
Loucura maior que o mar!