Nosso Amor Ao Armagedon
Angela Rô Rô

Meu bombom,
Nosso amor ao Armagedon
Tanta seda, tanto chifon
Sem niguém desfilar
Desperdício não ter tempo pra todo vício
Nem ter ar para arfar e gozar...

Meu bombom
Nosso amor e o Armagedon
Fica bem e é de bom tom
Se ter ansiedade
Na cidade, o que é chique é angustiante
Já pro mar, velejar e amar

Mas meu bombom
A Sardenha não é mais a mesma
E o que é chato no Armagedon
É champagne sem lesma
Malefício!
Essa guerra é um disperdício
Bem na hora
De se ir passear

Meu bombom
No encontro ao Armagedon
Não precisa usar batom
Venha como estiver...
Queimadinha de radioatividade!