A Linguagem do Olhar
Ary Barroso

E quase sempre
Do olhar nasce a paixão
E o coração
Não resiste a olhadela
E a donzela
Matriculada
Risonha sempre vai iludindo
A rapaziada
Ainda outro dia
Passeando na avenida
Toda florida
Encontrei uma pequena
De tez serena
De andar faceiro
Que um cavalheiro
Com o olhar logo prendeu
Hoje a linguagem
Mais usada
É o olhar
Na passagem
A namorada
Não precisa mais falar