Deixa o mundo falar
Ary Barroso

Nosso amor
Pra você já morreu
Mas pra mim não morreu
Está vivo no meu coração, ai, ai
Nosso amor
É como o luar
Que hoje brilha, amanhã se apaga
E depois, volta a brilhar
Nosso amor
Terá vida enquanto eu viver
Não me importa o seu modo cruel de proceder
Todo mundo já sabe o que há
E me chama de covarde
Covarde, eu não sou
Deixa o mundo falar, ai, ai
Sei que a minha vida não será
Igual a vida de quem ama por amar
Prefiro assim
Pois quem ama de verdade
Faz do seu amor
A própria felicidade

8129


Ficha técnica da faixa
Voz: Aracy de Almeida
trombone: Raul de Barros

[ Samba para o carnaval de 1947 - Odeon 12.755B - intérprete Aracy de Almeida com Raul de Barros (trombone) e seu Conjunto ]