Negra também é gente
Ary Barroso

A mania dessa gente
Que vive sempre a cantar,
É exaltar constantemente
As morenas do lugar
No entanto as moreninhas
Cheias de gracilidade
São produto das negrinhas
Alma da brasilidade

Quem foi que ninou o Brasil?
Foi Yáyá
Quem mais padeceu docemente?
Foi Yáyá
Portanto nosso país, oh, Yôyô
Nêgo também é gente

4751


Ficha técnica da faixa
Voz: Francisco Alves
Regência: Simon Bountman
Orquestra Odeon

[ Marcha - intérprete Francisco Alves com a Orquestra Odeon, regência de Simon Bountman - Odeon 11.083B ]