Cinquenta Graus de Amor
As Mineirinhas

Meu amor tem um jeito estranho
É loucura que não tem tamanho,
É mais doce que o próprio mel
Um veneno que me alucina
É um fogo que nunca termina
Que me leva pertinho do céu.

Seu olhar é bem mais que um convite
O seu beijo me abre o apetite
E o banquete do amor é servido...
Na penumbra eu sinto o sabor
É gosto gostoso de amor
Que delicia é ser sua mulher

Ele sente o mesmo que eu sinto
Nossos corpos juntinho e famintos
Faz a nossa noite especial
Brincadeira que vai a loucura
E a nossa temperatura
Quase chega aos cinqüenta graus.