No Duro
Aviões do Forró

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me abraça, abraçei ela, meu olho no olho dela
Fui enfeitiçado.

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me aperta no escuro, tá querendo casamento,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo...

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me abraça, abraçei ela, meu olho no olho dela
Fui enfeitiçado.

Que vozueiro, que saculejo danado, ai, ai, ai, ai
Tô ligado!
Ela me aperta no escuro, tá querendo casamento,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo,
No duro.

Ela chamega, esfrega no escuro,
No duro, No duro, No duro,
Tá prendendo seguro, tá querendo, tá cedendo...