Atrás da Morte
Banda de Pau e Corda

Atrás da noite vem o dia
Atrás do poema a melodia
Atrás do tempo o contratempo
E atrás do vento a calmaria
Ê

E atrás da rede a procissão
Em cada passo a despedida
E todos na mesma oração
E além da morte há outra vida
Ê

Ê, deixa eu ir levando
Ê deixa eu estar mais parto
Ê deixa eu ir velando
Ê deixa eu ir, deixa eu ir

Eu sou do mesmo sangue
Eu sou da mesma terra
Eu sou do mesmo santo
Eu sou do mesmo nome

Ê, deixa eu ir levando
Ê deixa eu estar mais parto
Ê deixa eu ir velando
Ê deixa eu ir, deixa eu ir

Eu sou do mesmo sangue
Eu sou da mesma terra
Eu sou do mesmo santo
Eu sou do mesmo nome