Amor a Três
Bruno e Marrone

Não vou impedir você partir
Nem vou pedir que fique aqui
Vou me portar com toda classe

Não vou te pedir que volte atrás
Que pare um pouco, pense mais
Nem te impedir que chame um táxi

Eu até já esqueci a cor dos teus olhos castanhos
Que tem um metro e sessenta
E que se demora no banho

Esqueci que seu sapato é do tamanho trinta e seis
E que adora fazer sexo
Trinta vezes por mês

Esqueci que me acorda com o café da manhã
Nos seus braços me apertando
Se dizendo minha fã

Esqueci de te dizer que este pranto nos meus olhos
É que o meu time perdeu
E por isso então eu choro

Resolvi partir porque é impossível
Haver um romance formado por três
Seria esquisito você me dizendo
Agora querido chegou sua vez

Receber os beijos tão divididos
Entre dois amantes
Estar com você no mesmo instante
Pensar que um outro tudo lhe fez

Não, querida não, amor a três
Assim não consigo
Já estou sabendo
Que pensa em outro estando comigo

Uma mulher e dois homens
É impossível, adeus querida
Eu vou partir nesta hora
Fique com ele agora
Viver em três não é vida