Carnaval
Bruno e Marrone

Só depois do Carnaval, na maior cara-de-pau
Você vem me procurar, vem dizendo: "Me perdoa!"
Que tá tudo numa boa, que seu grande amor sou eu

Tanta falta senti
E você por aí, sorrindo à toa
Fantasiado me vi
Palhaço que não sorri e nem perdoa!

Carnaval
É a palavra que eu não quero escutar
Quando lembro, só me dá vontade de chorar
Quatro dias, quatro noites, te esperei aqui

Carnaval
Alegria, fantasias, pra quê?
Se eu não tive o melhor pra mim, que é você
Não quero mais me ver sofrer
Em outro Carnaval.