Consciência Pesada
Bruno e Marrone

De novo eu tenho medo de acordar
E me perder na cama tão vazia
De novo eu tenho medo de te olhar
Sabendo que o que fiz eu não devia
Eu não queria

Meu Deus porque que foi acontecer
Não sei aonde eu tava com a cabeça
E por alguns momentos de prazer
A consciência faz que eu enlouqueça

Meu Deus porque que eu fui pisar na bola
Que vergonha e agora
O que é que eu faço com esse medo

Medo de perder um grande amor
Pra aumentar a minha dor
E já não basta a consciência tão pesada

Por que é que toda vez eu me arrependo
Mas não tem jeito eu não aprendo
A controlar os meus desejos

Ela não merece o que eu faço
E é no calor dos seus abraços
Que sou feliz e me refaço
Na inocência dos seus beijos.