Pedaço de Poema
Bruno e Marrone

Eu pretendia escrever uma canção
Falando em coisa que jamais alguém falou,
Deixar de lado as coisas do coração e que
Por ti o meu pranto já rolou
Fiz um pedaço de poema tão bonito
Que até a própria natureza me invejou,
Mas quando fui concluir o meu trabalho
Infelizmente meu talento fraquejou

Sinceramente compreendi minha querida
Que tu és em minha vida minha glória,
Minha fé e que sem ti sou um poeta sem
Valor porque sem o teu amor nem verso
Meu verso é.

Alguma coisa atormentou meu pensamento
E eu não pude terminar minha canção
Fui obrigado a recordar certos momentos,
Cheguei até a chorar de emoção e o
Pedaço de poema tão bonito, em
Pedacinhos, rasguei e joguei ao chão
Porque meus versos jamais seriam
Completos sem tua imagem que é
A minha inspiração.