Brincando de Alminha
Calango Aceso

Vou lhe contar
Uma coisa estranha
Que escutei
Numa pensão que
Lá pras bandas do escondido
Me deu uma vontade de chorar
Começei logo a rezar
Só com medo de um gemido

O quarto era de meia parede
Eu desarmei a minha rede
Valei-me meupadim ciço
Mas veja o que foi
Que aconteceu
I love you
I love eu
I love you
I love eu
E começou o reboliço

Era dois cabras
Brincando de alminha
Era dois cabras debaixo do lençol
Era dois cabras brincando de casinha
Foi anzol com vara e tudo
Com vara e tudo foi-se o anzol