Calanguinhos
Calango Aceso

Eu vir no muro
No quintal da minha casa
É garanto que fiquei
Muito surpreso
Apois não era uma calanga
Apaixonada recebendo
Uma cantada
De calango aceso

Ele dizia pra ela você
É muito bonita disso
Não se esqueça

Ela toda vaidosa
Dizia sim com a cabeça

É fui vendo a calanguinha
Sempre tudo conbinando
Preparando uma armadilha

É no balanço da cabeça
Dela foi se aproveitando

Você me acha charmoso
Ela sim com a cabeça
Você me acha cheiroso
Ela sim com a cabeça

Você quer fazer bem gostoso
Com a cabeça outro sim

Quando foi com pouco tempo
O quintal da minha casa

Tava assim de calanguin

Tava assim de calanguin
Tava assim de calanguin
No quintal da minha casa
Tava assim de calanguin