Corre, Corre Nêga
Calango Aceso

Corre, corre nêga
Se não esse boi te pega
Corre,corre nêga
Pra esse boi não te pegar

É bonito agente ver em uma
Festa de gado vaqueiro
De todo lado começa
Se organizar

Vem dois se encostar na sangra
Um manda abrir a porteira
Um puxa o outro bate a esteira
vendo o mocotó passar

Corre,corre nêga se não esse
Boi te pega
Corre,corre nêga pra esse boi não te pegar

O meu fraco é vaqueijada
É uma festa de morão
Que pediu
Meu coração não posso te
Abandonar
Uma mulher carinhosa
Cavalo bom é dinheiro
Essa vida de vaqueiro

Corre,corre nêga
Se não esse boi te pega
Corre,corre nêga
Pra esse boi não te pegar

A danada da mulher deixa
O homen
Apaixonado num cantinho
Reservado onde eu possa
Conversar
Venha cá meu coração
Me dê um beijo é um abraço
Vou arrancar
Um pedaço gatinha
Cada vez que eu te beijar