Dez a Um
Calango Aceso

Quantas vezes
Eu dormir sem te ver
Colorindo á aurora
Quantas noites
Contando as estrelas de meu
Deus do céu

Quantas fases que eu passei
Quantas luas que eu contei
O oválho
Lá fora
Pra viver essa
Hora te esperando eu pensei

Quantas lágrimas eu chorei
Quantas vezes eu chamei
Nos meus sonhos nêm sei

Por isso que o corpo da gente
Tá pegando fogo

É a razão da gente
Tá perdendo o jogo a
Emoção da gente tá de dez a um
Dez a um