Escravo do Amor
Calango Aceso

Quando a gente ama
Vira escravo do amor
É vício que não cura o segredo
A chave se quebrou

Quando está perto, ta feliz
Se ta distante, sente dor
Faz e desfaz, tem duas faces
É um mistério, assim é o amor

Quem nunca amou não sabe entender
Nem por um instante consegue enxergar

Mas quando entra no coração
Mas quando entra no coração
Faz sorrir, faz chorar

Ei, ele é rei, ele é cor
Domina a fera que ninguém dominou
Ta no ar, ta na flor
É frio, é fogo, assim é o amor