Flertes
Calango Aceso

Sozinha no meu quarto, a noite fria
Então eu me decidi
Em sair buscando
A minha fantasia
Encontrei no real
Ruas vazias
Em passos lentos desisti
Pois em toda cidade chovia
Um coração
Secado pelas mágoas
Os olhos rasos d'água
Procurando por você
Na ilusão
As luzes da cidade
Eram flertes de ansiedade
No desejo de ti ver
Eram flertes de ansiedade