Noda de Caju
Calango Aceso

Teu xodó
É que nem no da de caju
Desde que abracei tu
Nunca mais quis me largar
Teu xodó
É que nem fogo na fornalha
Sai queimando minha alma
Na hora de xodó Zr
Por teu xodó
Dou abraço em porco espinho
Beijem, beijem em malagueta
Só pra você voltar pra mim
Teu xodó
Tem um chamego diferente
É igualzinho a dor de dente
Que só passa de manhã
Mas, torna a voltar
Quando o sol ta se escondendo
Mas, torna a doer
Olha a lua aparecendo.