Ô Peste
Calango Aceso

Ô peste que saudade da mulesta
Ô peste porque o tempo não se avecha
Ô peste meu coração virou
Quermeci
Ô peste, ô peste, ô peste
Sou uma cabocla da roça
Que só vivo apaixonada
Nunca peguei na rodilha
Pra ver o pote quabrado
Ainda arrocho um viúvo
Pra fazer raiva que nada
2x
Se nesse são joão
Da roça você não tiver
Ao meu lado
A fogueira vai ser fria
O balão sobe queimado
Mais se você aparecer
Dançando o folé velho furado