Duas Metades
Calcinha Preta

Você diz que não me quer
Mas não quer me deixar
Me joga fora, depois bem me procurar
Sentindo falta de nós dois na cama

Vive falando besteira para os meus amigos
Que já me esqueceu e não quer mais ficar comigo
Mas na madrugada o telefone chama
Dizendo que me ama

Que amor é esse, com duas metades?
Um lado é paixão, o outro é saudade
Que amor é esse, falso e sincero?
As vezes estou no céu, as vezes no inferno
Eu devia te esquecer mas eu não quero

É por você que eu choro e sonho acordada
E nesse aperreio eu finjo que te odeio, louca, apaixonada

É por você que eu bebo nos bares da cidade
Não dá pra entender, mas eu só sei viver com essas duas metades