Sei Não
Cangaia de Jegue

Em todo caminho que faço ouço o seu canto
Sua voz me da prazer
Seu beijo molhado um mar de encantos
Assim vou enlouquecer
Finge que não entende, ignora e disfarça
A toda hora tento entender
Eu sei tudo passa
Mas não consigo te esquecer
Sei não, sei não, porque maltrata esse coração
Não, não vou chorar
Sem essa de vim te perdoar
Sei não, sei não, porque maltrata esse coração
Sei não, sei não...
De longe não vejo seus olhos, só desencanto
Seu perfume não esta no ar
Sorrisos, pecados socorrem meu pranto
Nem assim consigo perdoar
Finge que não entende, ignora e disfarça
A toda hora tento entender
Eu sei tudo passa
Mas não consigo te esquecer
Sei não, sei não, porque maltrata esse coração
Não, não vou chorar
Sem essa de vim te perdoar
Sei não, sei não, porque maltrata esse coração
Sei não, sei não...