Rosto Inocente
Carlos Alexandre

Numa cidade pequena do interior
Numa manhã de domingo eu conheci
Uma menina de olhos castanhos
E rosto inocente, com um sorriso tão meigo
E muito carente de um pouco de paz
E de um pouco de amor

Sua imagem mexia com meu sentimento
Sua presença marcava o meu sofrimento
Quando eu falei,
Ela sorriu balançando a cabeça
Não me ouvia e também não falava
E a sua mudez me silenciou

E mesmo em silêncio fiquei a rezar
Pedindo a deus para lhe ajudar
Pra que um dia ela pudesse me retribuir
Aquele amor que eu estava a sentir
E somente a ela queria entregar

E mesmo em silêncio fiquei a rezar
Pedindo a deus para lhe ajudar
Pra que um dia ela pudesse me retribuir
Aquele amor que eu estava a sentir
E somente a ela queria entregar...