Às Vezes
Catedral

Às vezes é melhor deixar o barco correr
Às vezes é melhor não ter o que dizer
Às vezes é melhor não confiar em alguém
Às vezes pode ser um risco a correr.


Sabe aquelas horas que são eternidades
Que trazem só distâncias e nunca a verdade.

Sabe aquele medo que não pede licença
Que te soca dormindo, sem tempo de ter reação.

Às vezes é melhor se esconder
Mas como então viver e aprender sem se machucar

Às vezes eu não quero parar de acreditar
Às vezes da uma vontade louca de parar
Às vezes eu me sinto livre e quero ir pro mar
Às vezes eu não quero nem mesmo pensar.