Fonte
Catedral

A água da fonte parece brotar
Dos olhos de um povo, intenso chorar
Que segue seu rumo por todo o lugar
Ela vem de longe e não vai parar
Seguindo o seu leito, às águas do mar (ôôô)
Não tendo final
A água da fonte parece mostrar
Os erros de um povo em não aceitar
Alguém que é Senhor, soberano e conduz
O amor e a vida, o sol e a luz
A fonte suprema que venceu a cruz (ôôô)
O Filho de Deus
Vós sois o sal da terra
E a luz deste mundo
Mas se não a gosto
E as trevas te impede
Como vais alcançar o reino de Deus
Se a correnteza anda para outro lugar
Vem beber da fonte
Das águas do mar (ôôô)
Da palavra de Deus
Não tendo final
Da palavra de Deus
êiêiê êiêiê êiêiê êiêiê