Fogo no X9
Cidinho e Doca

Se ele tiver no miolo
Ele já de ve tá tremendo
Certo irmão
Porque é igual a praga
Em toda favela tem
Não acaba nunca
Não adianta
É igual mosquito
Todo lugar tem
A gente caba com um
Quanto mais se mata
Mais ele enlasca
O primeiro que sair do bagulho é o X9
Então agora a gente vai cantar pra ele
Melhor não sair ninguém
Melhor não sair ninguém pra ficar legal
Certo
Vamos assim

Tentaram me enquadrar
Vou dizer para vocês
Por causa do safado
Que tem amigo no xadrez

O sinal fechou
O Doca ficou p***
Cidinho meteu a mão
Deu 700 por minuto
(É pra prumm direto)

Por isso
Fogo no X9
Da cabeça aos pés
Pega o álcool e o isqueiro
(Quero ouvir geral)
Fogo no X9
Bonde da Vintém
É paz, amor e muita fé

Eu não entendo esses caras
Que se acham valentão
Valentão coisa nenhuma
Não passa de vacilão

Ele tudo que vê fala
Está desesperado
Já deu a endolação
E agora é procurado

O mudo tem a boca grande
E o dedo de seta
Ele vai ficar de bigode
Sem dedo e de boca aberta

E vem de bate bola, de gorila e de carrasco
Aponta pros irmãozinhos
Tu pra mim é um esculacho

O sinal fechou
O Doca ficou p***
Cidinho meteu a mão
Deu 700 por minuto
(É pra prumm)

Bate tambor
Bate forte e faz barulho
Pra levar a boca a falência Tem X9 no bagulho
Bate tambor
Bate forte e faz barulho
Pra levar nós a falência
Tem X9 no bagulho

Por isso
Fogo no X9
Da cabeça aos pés
Pega o álcool e o isqueiro
(Vamos lá)
Fogo no X9
Da cabeça ao pé
Pega o álcool e o isqueiro