Xô Pirua
Claudia Leitte

Xiii... Ah, meu amor
É babado e confusão
Aqui o buraco é mais em baixo
Viu?
Xô!

A sua vida é na internet, posando de piriguete só pra incomodar
E quando você anda na rua, tá quase semi-nua no jeitinho vulgar
Jogando pena pra todo lado no seu mundo encantado que é de outro lugar
Mas seu destino já esta traçado
Você não é do babado
O seu lado é o de lá...

(Refrão)
Xô xô xô perua, no meu terreiro você não vai ciscar
Xô xô xô perua, no meu terreiro você não vai ciscar

Agora corre atrás do meu nego, pra não me dar sossego, e eu não vou te aturar
Eu vou lhe contar um segredo: eu não tenho medo de poder te encarar
Não vem com essa tal de mandinga, nem garrafa de pinga pra poder colocar
Nessa encruzilhada da vida, você não tem saida e o seu lado é o de lá

(Refrão)
Xô xô xô perua, no meu terreiro você não vai ciscar
Xô xô xô perua, no meu terreiro você não vai ciscar

(Rap)
Você acha que tá bonitona
Já passou de vulgar pra cafona
Esse seu naipe tá fora de moda
E quem não souber dançar fica fora
Seu rebolado tá esquisito, você no meu terreiro eu não admito
Se acha ousada mas sempre se engana
Pra ser assim tem que ser baiana meu bem
Não vem que não tem, eu tô muito além

(Refrão 2x)

Não vem que não tem, baby
Você acha que eu tô bonita, linda?
Ah, meu amor
Bonita é você
Alias, bonitinha
Eu?
Eu sou linda!