Filho Pródigo
Cristina Mel

Ao ver o pôr-do-sol
Eu penso em você,
Filho nunca o esqueci,
Volte para mim!

O que passou, passou,
Eu já lhe perdoei.
A saudade dói demais,
Aqui é o seu lugar.

Vou esperar eternamente por você.
Não vou lhe esquecer.
Vou lhe esperar.
E quando vir você voltar,
Correndo, vou abraçar
Vem, filho meu!

Preciso de você.
Você não tinha que partir,
Pois para a vida conhecer,
Só o tempo ensinará.

E mesmo se
Eu não lhe vir voltar,
Meu coração jamais
Deixará de lhe amar.