Pula Corda
Cristina Mel

Segunda-feira acordo
Escovo os dentes e tomo o meu café
Faço o dever de casa, arrumo o quarto
Ainda dormindo em pé.
Segunda, terça, quarta,
Quinta e sexta pegam no meu pé
Por que é que gente grande
Não entende o que a gente quer.

Eu quero é pular corda
E se me derem corda
Eu pulo amarelinha
Mas só não posso esquecer
O que Papai do Céu disse
Prá eu aprender
Busque primeiro a Mim
Que tudo Eu dou para você.

Se eu não estudar
Não vou passar de ano, ser alguém
Não basta ir à escola
Eu tenho que exercitar também
Eu falo, eu reclamo
Mas a mãe da gente tem razão
Primeiro a tarefa, o dever
Depois a diversão.

Coro