Sai Pra Lá, Reloginho
Cristina Mel

Ele não é minha mãe, mas tenho que obedecer
Ele manda tanto em mim, faço tudo o que ele quer
Me acorda bem cedinho
E me põe de pé. Fico muito assustado e nervoso até!

Sai pra lá, reloginho! Sai pra lá, reloginho!
Deixa eu dormir só mais um pouquinho!
?Ai! Que soninho...?

Quando estou na escola, no recreio a brincar
Já vem logo o reloginho: ?tá na hora de estudar!?
Estudar é bom e eu tenho que aprender
Porque tem um reloginho que eu preciso obedecer

Sai pra lá, reloginho! Sai pra lá, reloginho!
Deixa eu brincar só mais um pouquinho!
?Puxa, puxa! Deixa eu ser criança, né!?
?Sai pra lá, reloginho!?

Se estou com os amiguinhos, divertindo sem parar,
Lá vem logo o reloginho: ?tá na hora de entrar!?
O reloginho não para, vive sempre a trabalhar,
Quando é que o reloginho vai um dia descansar?

Sai pra lá, reloginho! Sai pra lá, reloginho!
Deixa eu curtir os meus amiguinhos!
Sai pra lá, reloginho! Sai pra lá, reloginho!
Na, na, na, na, na, na, na, na, na...