Sempre Te Amarei
Cristina Mel

Foi desde o ventre
Que Ele te chamou pelo teu nome
Como se fosse uma sinfonia
Assim você ouvia a voz de Deus

Nem bem formado
O espírito de Deus, já te envolvia
Ele te moldava noite e dia
Você nem era alguém, Ele te amou

Agora lembra
Grita por teu Deus de onde estás
Perdido pelos vales, pisando em espinhos
Ele te achará
Agora lembra
Daquela voz do ventre outra vez
Dizendo pra você: Eu nunca te esqueci
Sempre te amarei