Medley
Damares

Vai acontecer milagre, hoje aqui
Vai acontecer milagre, hoje aqui
Não importar sua dor
O teu Deus é doutor
Vai acontecer milagre (2x)

Faça como aquela mulher
Toque nele pela fé
E seja sarado, seja libertado
Dele vai sair virtude, dele vai sair a cura
Que você procura

Uma página de vitória Deus vai escrever
Seu diário do passado vai pegar na mão
Ele vai rasgar o céu dizendo "Estou aqui
Eu não vim pra rascunhar eu vim pra decidir
Porque eu sou teu Deus
E vai ficar marcado pra história o que estou fazendo
Sua agenda de derrotas, hoje eu jogo contra o vento
Pra provar que nunca esqueci de ti nenhum momento
Eu vou fazer
Um diário inesquecível que o mundo jamais publicou
E a capa leva o tema 'A história de um vencedor' "
Toda luta foi embora, e ao abrir me surpreendi
Meu diário só tem páginas de vitória
De vitória
Só tem páginas de vitória

Não adianta levantar contra os ungidos
Mexer com os ungidos
É brincar com fogo
Quem mexer com crente ungido
Não é brincadeira
Quem tocar no crente ungido
Vai com a cara na poeira
Não adianta levantar contra os ungidos
Mexer com os ungidos
É brincar com fogo
Quem levantar contra o povo de Deus
Pode crer o meu irmão que esta palavra é verdadeira

Saulo de Tarso perseguia os ungidos
Era um homem atrevido veja só o que aconteceu
No caminho de Damasco ele ia
Uma carta ele trazia pra ofender o povo de Deus
E de repente algo então aconteceu
Jesus Cristo apareceu começou lhe perguntar:
"Saulo Saulo porque você me persegue?"
Lhe bateu uma tremedeira
Ele caiu
E foi com a cara na poeira

Não adianta levantar contra os ungidos
Mexer com os ungidos
É brincar com fogo
Quem mexer com crente ungido
Não é brincadeira
Quem tocar no crente ungido
Vai com a cara na poeira
Não adianta levantar contra os ungidos
Mexer com os ungidos
É brincar com fogo
Quem levantar contra o povo de Deus
Pode crer o meu irmão que esta palavra é verdadeira

Quando ele decide fazer, não existe nada não existe morte
Não existe inferno que possa deter
Ele tem poder pra todo mal vencer
Se ele prometeu ele vai fazer
Seu poder é grande maior que infinito
Não existe limites com o seu querer
Ele é Deus

Vamos adorar este Deus, vamos exaltar este Deus
Digno ele é, de toda adoração
Proclamemos de coração
Proclamemos de coração

É a sua vez, é a sua vez
É a sua vez, chega de ser provado
É a sua vez, é a sua vez
É a sua vez, de ser abençoado

É a sua vez, é a sua vez
É a sua vez, chega de ser provado
É a sua vez, é a sua vez
É a sua vez, de ser abençoado

Deus bradou bem forte no céu
É a sua vez
É a sua vez

No apocalipse quem está na Terra
Vai entrar em guerra pela própria vida
No apocalipse a terra treme
E esse mundo geme com a ferida
Que a Igreja causou
Ao deixar
A humanidade subdividida, filho para um lado
E a mãe para o outro
Sem direito ao adeus
Na hora da partida
No Apocalipse

No apocalipse a dor vai ser grande
A lua cor de sangue revela tristeza
E o sol com certeza não irá brilhar
Porque mais forte que o sol brilhava a Igreja
E Jesus levou no arrebatamento
Agora, em descontrole, chora a natureza
Sem o sal da terra, sem a luz do mundo
E a humanidade toda estará indefesa

Mas, no apocalipse, a Igreja estará no céu
Porque Deus não deixa perecer aquele que é fiel
Mas, no apocalipse, a Igreja estará no céu
Porque Deus não deixa perecer aquele que é fiel
Porque Deus não deixa perecer aquele que é fiel