Olet Herra Parantajani
Diante do Trono

De de de pé, na na na na na fé, na vertical o que é
Ra ra ra mano axé
Na horizontal é ré ponta pé pelé
Bigorna amarrada no pé, sabe como é
Em meio alto mar nas turbulência maré
De chapelão atoladão, debaixo d?água mané
Melhor que folha murcha arruda de guiné
Só, só bote fé no fio de josé (vai)
Não mira a montanha, montanha mira maomé
Moeda de jó tesouro da ralé
Pus minha jangada em alto mar mas tu sabe como é
Se é pra espelha no melhor me espelho lá em noé
Os sábios, fiél os, mesmo na dor se posto não curvo
Ro ro acredito lembrou morô, morô
Pela crença sobre as águas um homem caminhou
Ro ro loco, ro ro cego
Tibum não afundou salve ao redentor
Apostou, não murmurou, não não contesto
Rá a fé não é cifrão mas é moeda de valor
Trim trim Deus marketing
A fé no dim dim ré é o fim
Com luxuria ostentação você não pisa no jardim
Eu de chinelo havaiana a porta abre pra mim
F jay ligou trim 5º naipe enfim
Dj pow, mano axé somando ao dream team
Da ponte da amizade dos barracos pras cohab
Império z/o 5º naipe invade

De de pé na na na fé
De pé na na na fé
Na vertical na fé na horizontal é ré
Vem na fé vem vem na fé
De de pé na na na fé
De pé na na na fé

Por muitas vezes sim não vou nega
Que perdi a minha fé deixei de acredita
Irmão só frustação no dia dia
Nem o bom bojaco aquece a fé que hoje esfria
Ta difícil não se apaga na fraqueza
Na rua só isqueiro tem chama acesa
O mundo é loco a vida é um jogo quer holofote
Faz a cesta alegra a besta sem rebote
Ele mal sabe, mal sabe na verdade o que te espera
Buquê de folha seca estação sem primavera
Só por Deus tô firmão pronto pra estréia
Xiiii, escuta a idéia
Dias difíceis sem fé o mal te arrasa
O davi e o golias não moram na mesma casa
Não se iluda sua fama não é duradoura
O tio patinhas nunca compra o menino da manjedoura
Sua oferta (migalha) não agrada o senhor
A moeda da viúva faz seu milhão não ter valor
Morô negô, na humilde deixo um axé
Pra quem qué um qualqué vivendo só de má fé
Tô tranquilão ainda não sabe o que qué
A mão furada estendida me pôs de pé
Estive caído, aprendi com vários tombos
Mas não desanimei me levantei dos escombros

De de pé na na na fé
De pé na na na fé
Na vertical na fé na horizontal é ré
Vem na fé vem vem na fé
De de pé na na na fé
De pé na na na fé