O Estranho Mundo de Jack - Canção da Reunião Geral
Disney

Escutem todos! Quero lhes
Contar sobre a cidade do natal
São objetos tão estranhos que
Mal dá pra acreditar,
Um milhão de luzinhas a piscar
É um mundo tão diferente
Do que eu jamais vi por aqui,
Não dá pra traduzir o que me aconteceu
Mas vocês precisam acreditar,
Tudo é muito real, e me fez pensar.
Olhem, deixe eu mostrar: isso aqui
É um presente que vem de
Dentro de uma caixa

Uma caixa? De horror? De borracha?
Cheia de tarrachas? Mas que ótimo, tarrachas!

Por favor!
Um caixa bem colorida,
E um grande e fino laço

Um laço? Pra que? Que horrível!
E dentro, e dentro?

É pra ser surpresa, eu acho!

É um bicho? Vai correr!
É um rato? Vai morder?
Será que a gente consegue torcer?

Mas estão entendo mal,
Não é assim que é o natal!
Prestem atenção:
Pegamos o pé de uma meia,
E penduramos assim na parede

Assim? E o pé, está lá?
Quero ver! Quero olhar!
Será que vai se deterioriar?

Ha, deixa eu explicar.
Não há pé ali, só há doces,
E quem sabe até brinquedos

Brinquedos? Que gritam, que pulam?
Será que eles pulam?
Ou será que só gostam de meter medo?
Mas que ótrima idéia é esse natal,
Tem tudo pra ser algo fenomenal!

Pessoal vamos devagar.
Não estou conseguindo me explicar.
Bem porque não lhes dou o que eles querem?
E o melhor do natal, eu deixei pro final,
Pois agora eu pretendo falar.
Sobre o rei que tem uma voz tão profunda,
Ele é quem comanda lá.

Me disseram que esse rei,
Pelo menos é o que eu sei,
É um monstro bem grandão!
Ele sai por aí todo de vermeleho,
E delem dizem 'ninguém escapa'!
Ele não predoa não. E quando a noite
Vem, ele sai também, como um
Vulto lá no céu, espalhando o terror...
Ele é Papai Cruel, HUHUHU!

Acho que gostaram da
Idéia em geral, mas será que
Eles entendem o que é o natal, ou não?