Rap do Rio
Dj Marlboro

Esse é o Rio de Janeiro
A sua direita, o Corcovado
A sua esquerda, o pão de açúcar
Ó mais que linda recepção
Mas o que será aquele pessoal todo vindo em nossa direção?
Aquilo ali senhor
Não, não já sei
Aquilo sempre foi o folclore
Não senhor, é o arrastão

Eu sou daqui do Rio
Onde é lindo de morar
E prá tu ficar por dentro
Eu agora vou contar
Aqui nunca falta luz e nunca acaba a água
E as ruas da cidade são todas asfaltadas
A praia sempre limpa, lixo só no caminhão
Eu nunca vi ninguém fumar na condução
O ar é sempre puro e não tem poluição
E eu nunca ouvi falar em tomar no arrastão

Refrão:
ô,lê,lê,ô,lê,lê,Ô
ô,lê,lê,ô,lê,ô,ô...

Abrir o jornal é sempre uma felicidade
Aumento de preço, nem de sacanagem
Esse é um privilégio prá quem mora aqui no rio
De manhã bem cedinho, o trem tá sempre vazio
E no banco é sempre fácil de pegar uma merreca
E no INSS, eles te atendem bem depressa
E com a situação, ninguém se atormenta
Está tudo congela, só salário que aumenta

Pobreza nessa city já é coisa do passado
O homem já deu casa para todo favelado
Saúde aqui no rio está a nível mundial
Nunca aconteceu greve em hospital
Político daqui promete e não enrola
Não tem marajá e todo mundo vai prá escola
E na cultura também não podia ser melhor
A gente fala ingrêis e conta até "four"

E prá gente falar do rio, a gente vai mais fundo
Esse negócio de sequestro é coisa de outro mundo
Polícia aqui no rio cumpre sempre o seu dever
Está sempre por perto para poder nos defender
Mas se o gringo vem pro rio com peso nunca rala
Tem sempre um garotinho prá levar a sua mala
Cidade maravilhosa onde ladrão nunca existiu
Só poderia ser rio, só poderia ser Brasil

Refrão:
ô,lê,lê,ô,lê,lê,Ô
ô,lê,lê,ô,lê,ô,ô...