O Monstro
Drama

Não adianta nem tentar me convencer de que o mundo é bom
Eu já tentei e não me adaptei
Morri cem vezes, dessa vez vou conseguir tentar me sufocar
Me asfixio com meu próprio ar

Aquela idéia que eu tinha sobre como consegui mudar
Você ainda acha que eu tentei te enganar
Do outro lado tua voz me pareceu tão mal que até chorei
Não acredito que o verme sou eu
(O verme sou eu)

Eu quero melhorar, mas não consigo
Me readaptar, eu não consigo
O monstro que nasceu em mim
Me fez tão mal e agora eu sou assim

Se ao menos eu soubesse um jeito mais normal de te satisfazer
Não me faria pior do que eu sou
Nada mais justo que o ódio que circula dentro de você
Teu veneno feito pra me esquecer

Ainda espero o dia que eu não faça mais você sangrar por mim
Pra ter de volta o que um dia eu perdi
A tolerância e a falta de certeza sobre o que ainda está por vir
Perdoe a falta de afeto em mim
(Eu não era assim...)

Eu quero melhorar, mas não consigo
Me readaptar, eu não consigo
O monstro que nasceu em mim
Me fez tão mal e agora eu sou assim

Se pudesse me escutar
Se eu pudesse te tocar
Te mostrar o que eu sou
Ou quem costumava ser
Eu não quero ter você
Só pra te fazer sofrer
Nem sei mais o que eu sou
Só sei que não sou mais...ninguém