Sobre Coisas Que Não Consigo Ser
Drama

(Quem pode, pode e quem não pode, morre)

Quem pode olhar pra trás e se orgulhar do que construiu
Dizer que o mais feliz como ninguém nunca viu
Quem pode ter certeza de que amou ao menos uma vez
e pode confiar, fechar os olhos e se entregar

Eu posso ver, mas não te ouvir
Eu posso até nem ter pra onde ir
Mas sei de onde eu vim
Mas quem não quer se convencer
De que é melhor ser superficial?
Quem pode ser melhor que eu?

Não eu!!!

Quem pode, pode e quem não pode morre!

Que pode fazer parte desse jogo e alguma vez ganhar
Sair vitorioso ou se perder não se importar
Quem pode banido, torturado e ainda sorrir
Ser humilhado, destroçado e mesmo assim não ligar

Posso tocar, mas não sentir
Salivar sem poder engolir
Correr até cair
Mas quem não quer se convencer
De que melhor se auto-destruir?
Será que há alguém capaz de te impedir?

Não eu!!!

Quem pode, pode e quem não pode morre!