Menina
Eduardo Costa

Ah como queria te ter
Mas fingia na magia de seus olhos
Que eu era nada
Sonhava com o meu amor
E de madrugada te via
Nos meus sonhos a menina
Do meu destino
Eu menino
Te conhecia
Desde infância
Em distância
Quero a ver

Menina
Você minha alegria
O meu dia
O meu sol
Um dia sem futebol
Para conquistá-la
Amá-la
Um dia só
Fazer tudo de novo
E ter o seu coração
Minha razão

Para voltar

Menina, menina
Menina, menina
Menina, menina
Menina, menina