Mulher Bandida
Eduardo Costa

Esta mulher é uma bandida
Já bagunçou a minha vida
Esta querendo me matar
A gente briga, a gente rola e em minha cama ela chora
Fica louca pra me amar

Ela é bandida eu sei que é
Eu tô amando esta mulher
Eu tô maluco de paixão
Eu passo a noite no boteco
Bebo cerveja no caneco
Pra sufocar a solidão