O Que A Gente Não Faz Por Amor
Eduardo Costa

Ela já chega bem cedo, me tira do sono
Faz um chamego e me diz que sou seu dono
Faz um jeitinho manhoso de quem nada quer
No fim eu acabo seu homem e ela minha mulher

E assim começa outra noite, paixão e ternura
Dois corpos rolando na cama, gostosa loucura
E eu nunca pensei que fosse tão bom assim
Um piscar de olhos tomou conta de mim
E assim ela entrou de uma vez nesse peito meu

E o que é que a gente não faz por amor
Mas o que a gente não faz por paixão
Briga com o mundo, pisa no fundo do coração

O que é que a gente não faz por amor
Mas o que a gente não faz por paixão
Fica perdido, aborrecido na solidão

E assim começa outra noite paixão e ternura
Dois corpos rolando na cama, gostosa loucura
E eu nunca pensei que fosse tão bom assim
Um piscar de olhos tomou conta de mim
E assim ela entrou de uma vez nesse peito meu

E o que é que a gente não faz por amor
Mas o que a gente não faz por paixão
Briga com o mundo, pisa no fundo do coração

O que é que a gente não faz por amor
Mas o que a gente não faz por paixão
Fica perdido, aborrecido na solidão