Ponto Final
Eduardo Costa

Não pense você que eu morri
Só posso dizer que eu sofri
Mas acabou

Como o tempo as coisas se acalmam
E os que eram fortes desabam
E olha eu aqui

Ainda resta um pouco de você
Que insiste em me incomodar
Mas eu peço a Deus que passe
Que esse sentimento acabe
E que as coisas voltem pro lugar

Vai gritar meu nome, vai me procurar
Vai sentir meu cheiro, vai querer me amar
E no desespero, a dor e a solidão
Sai à minha caça sem explicação

Eu não sou mais o mesmo é ponto final
Amor que me faz mal é ilusão