Sofro e Choro
Eduardo Costa

Corre nas veias um sangue apaixonado
Coração tá condenado a morrer por esse amor
Não tem remédio que cure a dor da saudade
Luz do céu tem piedade, tá demais a minha dor

Eu sofro e choro, choro e sofro noite e dia
Tá demais essa agonia, coração vai explodir
Eu bebo e choro, choro e bebo toda hora
Depois que ela foi embora, é difícil ficar aqui

Quanto mais eu penso, mais eu tenho que pensar
O beijo ficou na boca e o perfume ficou no ar
Bebo outra dose misturada com paixão
Tira gosto é solidão e uma lágrima no olhar

O que é que eu faço se eu não sou dono de mim?
A paixão me dominou e de saudade estou assim
Meu Deus do céu, me mostre agora uma saída
Sem ela na minha vida
Estou perdido estou no fim